Séries

Post Page Advertisement [Top]

Este texto tem Spoilers! No primeiro episódio da série "O Livro de Boba Fett", do streaming Disney Plus, um grupo tentou matar Fennec Shand (Ming-Na Wen) e Boba (Temuera Morrison), mas eles conseguem capturar um dos guerreiros. 

No segundo capítulo da história, descobrimos que o homem faz parte da Ordem do Vento Noturno, uma organização de assassinos de aluguel que cobra caro para realizar seus crimes. Quem teria contratado o bandido? Supostamente, o prefeito de Mos Espa, cidade que fica no planeta Tatooine! 

Recado recebido, o protagonista vai atrás de Mok Shaiz (Robert Rodriguez, um dos diretores da série!). Chegando na prefeitura, o caçador de recompensas lida com a famosa burocracia que é bem comum aqui para nós, o público. Chega a ser cômico o momento em que o recepcionista pergunta ao guerreiro se ele agendou a visita antes - bastava Fett atirar na porta! Tenso. 

Adentrando o gabinete do gestor da cidade, o prefeito nega que tenha organizado o ataque e sugere ao Senhor do Crime que observe melhor a Cantina de Mos Eisley. Lá, o protagonista ouve o som retumbante de tambores, que marca a chegada dos gêmeos Hutt; os primos de Jabba vêm para reclamar o trono do submundo do crime, resguardados por um feroz gladiador Wookie. 

Os irmãos decidem, por hora, não confrontarem ninguém ali, mas fazem ameaças a Boba. Este, novamente, lembra de sua estadia com o Povo da Areia. Uma dessas recordações chama a atenção: um trem em alta velocidade corta o deserto, e seus passageiros atiram contra os Tusken Raiders. O personagem de Temuera resolve, então, parar o veículo sozinho, apenas com um bastão e um rifle. 

O cargueiro está repleto de bandidos; um casal acaba tendo problemas com uma gangue, mas Boba chega e detona com o bando, levando ainda suas speeder bikes, que serão usadas para parar os vagões. O filho de Jango ensina os caçadores a como pilotá-las e a trabalharem juntos para conseguirem o feito. 

A sequência com a tomada do transporte é cheia de ação e o ponto alto do episódio, que é repleto de emoções e cenas instigantes. Tem nostalgia, mas esse capítulo se apega menos ao que já conhecemos do personagem. Rendendo o chefe do bando, que carrega consigo mercadorias valiosas e atacava o Povo da Areia por achar que os mesmos eram saqueadores, Boba e os Tuken conseguem uma nova vitória. 

O líder dos Raiders entrega um lagarto, como presente de agradecimento, a Fett, que acaba inspirando o animal - sim, é isso mesmo! -, despertando seus sentidos e entrando numa espécie de transe; o guerreiro se imagina num deserto e vê uma árvore repleta de olhos vermelhos que o observa - os Jawas, provavelmente. 

Os galhos dela se transformam em tentáculos e o combatente se vê de novo no poço de Sarlacc e, depois, criança novamente, avistando o pai partir para nunca mais retornar. O devaneio termina com Boba se libertando do que o aprisiona. 

Assim, o guerreiro expele o réptil, mas fica a pergunta: foi tudo imaginação dele mesmo? O chefe consagra, enfim, Fett como um deles, recebendo os devidos trajes e um bastão personalizado. Aguardemos a próxima parte da trama! Acompanhe aqui no Mistura, episódio por episódio. XD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Vinícius Irizaga