Arte

Emprego

Post Page Advertisement [Top]

"Zootopia - Essa Cidade é o Bicho" é um filme da Disney que traz um mundo colorido, tecnológico e imaginário: e se os bichos pudessem viver em uma sociedade organizada semelhante a nossa? Isso é mostrado de forma lúdica nessa animação bem-humorada e o que compreendemos é que por mais evoluída e harmoniosa que essa cidade possa ser, ela terá questões espinhosas por resolver assim como o mundo dos humanos, e há quem prefira ignorá-las ou até viver de aparências. 

Preconceito no trabalho, discriminação social, corrupção, bullying e outros tópicos são abordados no filme, que traz como protagonista a coelha Judy, que mora no interior e se muda para Zootopia com o sonho de trabalhar na polícia. Ela acaba conhecendo a raposa Nick, que aplica golpes, mas os dois acabam formando um forte vínculo e vão descobrir o que está causando o desaparecimento de animais.

E nós aqui do Mistura destacamos 3 lições que você pode aprender com o filme, que está disponível na Netflix. Confira:

Encare os desafios - Judy está sempre tendo que provar para os outros bichos que é capaz, recebendo muitas vezes olhares de desaprovação e descrédito. No entendimento de muitos na corporação, ela, por ser uma coelha, não poderia trabalhar no combate ao crime, função que caberia a animais mais ferozes e grandes.

Então o chefe de Judy acaba dando a ela o cargo de guarda de trânsito, algo muito aquém do potencial da coelha, que deseja se envolver em missões mais arriscadas e importantes. Quando finalmente ela consegue um mistério para resolver, o chefe da heroína deixa claro que não espera que ela vá conseguir concluir a investigação. No entanto, a coelhinha vai fundo nos seus objetivos para se tornar a grande policial que tanto deseja ser.

Mantenha sua essência! - Judy sempre ouviu que deveria ter uma vida semelhante a de seus pais, vivendo a vida no campo, tranquila, assim como faziam os outros coelhos; da mesma forma que a Nick era julgado por fazer parte da própria espécie - algo que ele não poderia mudar! - e era hostilizado por outros animais desde a infância. 

Se por um lado, Judy se manteve firme em seu propósito, Nick encarnou o personagem de "vilão" que lhe cabia. Quer dizer, se todos dizem que você não tem valor, que não é digno de confiança, muitas vezes as pessoas acabam acreditando e "entregam os pontos", cansadas demais para lutar. Quando Judy e Nick se conhecem, eles têm divergências entre si, mas acabam se tornando bons amigos e ajudam um ao outro, aprendendo com vivências tão diferentes. 

Reconheça seus erros - Quando Judy parece ter solucionado o grande mistério do desaparecimento dos animais, ela é levada a fazer uma conclusão precipitada sobre o caso, o que deixa Nick chateado e a cidade mergulhada num clima de desconfiança e medo. 

Reavaliando suas escolhas e voltando a questões de seu passado, ela descobre mais do que uma importante peça do "quebra-cabeça" da investigação: sobre como julgamos de forma equivocada os outros e a importância de admitirmos nossos erros em quanto ainda é tempo para reparar injustiças. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Vinícius Irizaga