Jovens podem ingressar no mercado de trabalho



O Programa Jovem Aprendiz possibilita o ingresso de estudantes no mercado de trabalho. E o Centro Universitário Barriga Verde (UNIBAVE) tornou-se uma unidade certificadora do projeto por meio de parcerias com empresas de grande e médio porte da região, em Santa Catarina.

O Unibave, como unidade certificadora do programa, traz alguns diferencias como assessoria pedagógica, apoio psicológico, disciplinas com conteúdo digital e monitoramento das atividades práticas do aprendiz na empresa.

Para participar do programa, o jovem aprendiz precisa ter idade entre 14 e 24 anos e não pode possuir contrato formal de trabalho. É necessário estar cursando o ensino regular (a partir do 6º ano do ensino fundamental) ou ter concluído o Ensino Médio. O jovem também deve preencher o currículo padrão, destacando as potencialidades da sua personalidade.

Segundo a Lei da Aprendizagem, empresas com mais de sete colaboradores, de médio e grande porte devem assegurar a contratação de, no mínimo 5% e no máximo 15% das vagas que exijam formação profissional.

Ao ser contratado por uma destas empresas, o jovem é preparado por meio de aulas teóricas e práticas simultaneamente às atividades desenvolvidas na empresa. 

Para a qualificação teórica, de quatro horas por semana, o estudante terá a estrutura do Unibave de aprendizagem, além do material didático. As atividades práticas na empresa serão de quatro dias na semana. 

Para participar do programa, o candidato pode preencher o currículo disponível no site do Unibave e enviar para o e-mail aprendiz@unibave.net ou entregar pessoalmente no setor de Gestão de Pessoas do Unibave. O aprendiz será chamado de acordo com a disponibilidade de vagas nos estabelecimentos. 

As empresas interessadas em aderir ao programa devem entrar em contato pelo e-mail aprendiz@unibave.net ou pelo telefone – 48 3466-5630.

*Colaboração e foto: Ascom Unibave.
Compartilhe no Google +

Sobre Vanessa Irizaga

O autor desta postagem é um dos escritores do site Mistura Alternativa. Gostou? Comente abaixo.