Arte

Emprego

Post Page Advertisement [Top]

Com qualificação profissional fica mais fácil entrar no mercado de trabalho. Letícia e Vinicius são exemplos disso. Eles participam do programa Jovem Aprendiz da Satc, projeto que tem como objetivo conciliar aulas teóricas com a experiência prática dentro da empresa. Letícia é aluna do curso de Assistente de Administração e Vinicius é aprendiz em Alimentador de Linha de Produção. 

Há sete meses no programa Jovem Aprendiz, o estudante de Administração de Empresas, Vinicius Ortolan Salvador, de 19 anos, conseguiu o primeiro emprego na Elisabeth. “Lá eu aprendo sobre cerâmica, um setor muito importante para região de Criciúma. Já aqui no curso é uma oportunidade de rever alguns dos conceitos que eu já aprendi na faculdade”, conta. O jovem acredita que o curso pode agregar muito para os que estão entrando para o setor. 

A estudante de Ciências Contábeis, Letícia Trento Ghislere, de 19 anos compartilha do mesmo pensamento do colega. “Eu acho que o curso é muito bom porque engloba vários fatores, métodos e dinâmicas diferentes. A gente aprende sobre administração, recursos humanos e até como se comportar em diversas situações”, afirma. A estudante é aprendiz na Resicolor Tintas há 10 meses. 

“Nos dois anos que existe o programa dentro da Satc já aconteceram casos interessantes. Como jovens que foram efetivados na empresa depois que o contrato de aprendiz acabou. Isso é um ponto muito positivo para a gente”, salienta a coordenadora do Jovem Aprendiz Satc, Jucele Martins da Silva Coelho. 

Ajustador Mecânico, Alimentador de Linha de Produção, Assistente Administrativo, Eletricista de Instalações Prediais Eletricista de Manutenção Industrial são os cursos oferecidos pelo programa com duração de 16 meses. Quatro dias da semana são dedicados para atividades práticas na empresa e o outro dia fica para as aulas teóricas na instituição, sendo 20 horas semanais. 

Para se inscrever é necessário estar no Ensino Médio, Técnico ou Graduação, ter entre 14 e 24 anos e ir até a Unidade de Extensão da Satc, em Criciúma. As informações ficam armazenadas em um banco de dados até a empresa solicitar os aprendizes. Segundo a Lei de Aprendizagem (Lei 10.097 de 2000), empresas de médio e grande porte devem contratar jovens com idades entre 14 e 24 anos. A porcentagem de aprendizes por empresa varia de 5% a 15% dos funcionários.

*Com informações e foto da acadêmica de Jornalismo, Stefanie Machado/Jornalismo Satc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Vinícius Irizaga