Arte

Emprego

Post Page Advertisement [Top]

Bao”, um curta-metragem sensível sobre um bolinho que ganha vida é uma metáfora sobre a tristeza sentida por mães e pais após seus filhos saírem de casa e buscarem seus sonhos. É a famosa e tão falada “Síndrome do Ninho Vazio”.

E esse tema é abordado de maneira leve e emocionante nessa produção da Pixar, que ganhou o Oscar de “Melhor Curta-Metragem de Animação”, na cerimônia ocorrida no último dia 24. No vídeo, cheio de analogias com o ciclo da vida, vemos uma mãe com dificuldade de aceitar a partida do filho após ele deixar a casa dos pais para viver com a esposa.

E o bolinho vai crescendo e se tornando um "segundo filho" para a senhora, que se vê envolvida emocionalmente com seu novo rebento e com dificuldade de deixá-lo ir, assim como em relação a seu filho real. Bao” foi dirigido por Domee Shi e exibido originalmente nos cinemas nas sessões do filme “Os Incríveis 2” (2018). Muito fofinho! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Vinícius Irizaga