Full width home advertisement

Arte

Emprego

Post Page Advertisement [Top]

Os registros que a jovem artista Joana Amarante, de Florianópolis, faz desde 2010 em forma de diário foram a inspiração para outros registros feitos por ela mesma, mas dessa vez em forma de fotografia. Entrelaçando imagens reais feitas ao longo dos seus dias com frases criadas de forma fictícia, sendo cada uma apontada para um horário específico do dia, Joana formou a exposição "Registros: Ficções Polaroides", que também se transformou em livro com o mesmo título. 
A artista esteve na Unesc na última terça-feira, 6, para trocar experiências com alunos do curso de Artes Visuais e participar pessoalmente da exposição aberta ao público na mesma noite. As 70 fotografias que fazem parte da exposição de Joana estão dispostas no Espaço Toque de Arte, no hall da Universidade, e seguem disponíveis para visitação gratuita até o dia 12 de dezembro, das 9h às 22h.

Trazer mais uma exposição e enaltecer a cultura, para diretora do Setor de Arte e Cultura da Unesc, Amalhene Baesso Reddig, é grande prazer. “A cultura todos os dias se manifesta, se transforma, se adapta, provoca, incomoda e ela faz pensar. E assim a gente vai vivendo, pois, o ser humano precisa desses movimentos e só vive dentro de culturas”, comentou.
*Com informações da Assessoria de imprensa da Unesc.
*Fotos: Mayara Cardoso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Vinícius Irizaga