Full width home advertisement

Arte

Emprego

Post Page Advertisement [Top]

Você já parou para pensar sobre os objetivos que usamos no dia a dia? Pois a nova exposição da Sala Edi Balod trata justamente deles e chama à reflexão sobre as coisas que criamos e produzimos, utilizamos, consumimos, descartamos, acumulamos, sobre o valor sentimental e sobre a necessidade dos objetos em nossas vidas. 

Aberta na noite da última sexta-feira, 9, a mostra “A verdadeira matéria das coisas”, da professora doutora da UFPel (Universidade Federal de Pelotas) e da pós-graduação em Poéticas Visuais da Unesc, artista e pesquisadora Helene Sacco, apresenta textos, desenhos e objetos, classificados por 96 verbetes de tipos de objetos e convida os visitantes a contribuírem com a mostra deixando um objeto no local.

A ideia da mostra iniciou em 2012, quando Helene começou a separar os objetos por listas e perceber que em cada grupo, como por exemplo, sonoros, de cozinha e de segurança, há subclassificações. A partir desse inventário, ela pensou em reunir os objetos e possibilitar que as pessoas participem da mostra, levando objetos e classificando-os com um dos verbetes sugeridos ou criando o seu próprio. 

“Vemos a arte como uma refábrica das coisas. Uma cadeira quebrada, por exemplo, pode não ter mais serventia para sentar, mas pode ser transformada em outra coisa. É um convite para olharmos as coisas e o mundo de uma outra maneira”, comenta.

Segundo a artista, a proposta é que os visitantes doem objetos, classificando e contando uma história sobre eles. Com isso, a exposição estará em constante mutação. Os objetos deixados, incluídos no acervo da mostra e apresentados em outros lugares. “A verdadeira matéria das coisas é o pensamento, e por isso a proposta desta exposição é justamente refletir”.

A coordenadora da Sala Edi Balod da Unesc, Daniele Zacarão, explica que a proposta do espaço é receber exposições não apenas de alunos e artistas vinculados à Universidade, mas também de outros lugares e com as mais diversas propostas. “É um olhar diferente, uma possibilidade de novas experiências e trocas para os nossos acadêmicos”.

“A verdadeira matéria das coisas” poderá ser vista até 6 de dezembro, das 14 às 18 h. A exposição é uma iniciativa da Sala Edi Balod e curso de Artes Visuais da Unesc.  

*Com informações e fotos da jornalista Milena Nandi. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Vinícius Irizaga