Full width home advertisement

Arte

Emprego

Post Page Advertisement [Top]

Em seus 40 anos de caminhada pelo mundo do artesanato, esse será o seu maior desafio. Ana Luiza Paes, já desenvolveu diversas peças, mas nunca havia participado de parcerias com outras áreas que resultassem em um produto único, para um nicho específico. 

Ela faz parte do grupo de artesãs da Afasc (Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma), na região sul de Santa Catarina, que junto com a La Moda e o curso de Design de Produtos da Unesc, traz uma proposta inovadora e sustentável, transformando resíduos de tecidos em artigos de viagens.

O projeto nasceu por conta de uma demanda trazida pela La Moda até a Unesc. Por serem estampas exclusivas, que não podem ser revendidas, as sobras de tecido eram descartadas. Devido ao grande volume de material, algo precisava ser feito. 

“Hoje nós descartamos uma quantidade significativa de tecidos, e para solucionar o problema, um desafio foi lançado. O projeto vai reduzir o impacto ambiental, gerar renda para as artesãs, além de gerar o desenvolvimento profissional dos acadêmicos de Design da Unesc”, comentou a coordenadora de RH da La Moda, Carolinga Warmeling Guislandi.

Lançado o desafio, empresa, universidade, estudantes e artesãs iniciaram o processo de trabalho. Entre os produtos apresentados nos encontros, que iniciaram em maio deste ano, foram escolhidos artigos de viagem. Os acadêmicos passaram então a criar objetos que fossem úteis, que pudessem facilitar o processo de deslocamento, tanto na organização das bolsas e malas, quanto no conforto do transporte.

Almofadas com suporte ergonômico, bolsas, porta óculos, identificador de malas, nécessaires, chinelos confortáveis, entre outros itens, estão em processo de desenvolvimento entre os alunos, como a Camila Guizzo, que após realizar uma pesquisa e encontrar as dificuldades do público alvo, resolveu criar um case para notebook. “Com esse modelo, a pessoa não precisa retirar o case para usar ou carregar o notebook. Além de ter uma estética sofisticada, o produto também traz praticidade”, ressaltou a aluna.

A ação ocorre entre os 24 estudantes da segunda fase, por meio da disciplina “Introdução ao Design 2”, ministrada pelos professores Felipe Kanarek e Ubiratan Napoleão. Segundo o coordenador do curso de Design da Unesc, João Rieth, a aproximação com a iniciativa privada traz grandes benefícios para o curso e a Universidade.

“Essa interação cria um laboratório de ideias e experiências dentro do curso. Além disso, as empresas percebem os potenciais que existem entre os nossos estudantes, muitos já trabalham em empresas parceiras”, comentou.

A Afasc possui mais de mil artesãs, organizadas em grupos de produção. Para a presidente, Adriana Salvaro, a oportunidade traz novos caminhos. “Elas vão aprimorar ainda mais o trabalho por meio dessas novas formas de se fazer artesanato. O contato com os alunos também é interessante, ele proporciona a união de quem está começando junto a experiência das artesãs”, comentou.

A artesã Ana Luiza também ressaltou essa troca. “Juntos nós vamos conseguir criar produtos mais bem elaborados. Eles aprendem com a gente e nós aprendemos com eles, tem sido uma experiência diferente e extremamente positiva”, comentou.

*Colaboração: jornalista Mayra Lima, da assessoria de imprensa da Unesc.
*Foto: divulgação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Vinícius Irizaga