Beleza e empoderamento feminino




Valorizar a beleza e ressaltar toda a força e poder da mulher. Esses são alguns dos objetivos do “Fotogramar Project”, que realiza ensaios com o intuito de promover a beleza feminina, elevando a autoestima e enaltecendo o empoderamento delas.

A ideia foi criada pela estudante de jornalismo e fotógrafa, Natália Silveira, e a aluna de design gráfico e designer, Jennifer Toledo, neste mês.




“Nós seguimos princípios feministas e acreditamos no empoderamento da mulher. Aí resolvemos unir nosso amor pela fotografia a esses princípios. Então, pensamos no ‘Fotogramar’, que é clicar fotos de mulheres, independente da cor, biotipo ou estilo. Mulheres que se amem independente de qualquer um desses fatores”, explica Natália.

A proposta também foca em proporcionar que meninas que nunca tiveram condições financeiras de fazer um ensaio fotográfico possam realizá-lo, já que o valor cobrado é baixo e voltado a cobrir os custos com equipamentos e outros itens para fazer as fotos.

“Queremos fotografar mulheres independentes, fortes, que acreditam no seu poder, mostrando que o importante é amar a si mesma e valorizar aquilo que elas têm de melhor, o seu interior. Achamos essencial amar o próprio corpo e amar você mesma acima de tudo, e a forma como conseguimos fazer isso é através da fotografia, afinal, nada nos deixa mais feliz do que se ver em um retrato nosso e amar o que vê”, ressalta Jennifer.

Quem participa do projeto, recebe um CD/DVD com as fotos e há a intenção de fazer um making of de toda a produção futuramente.

Além disso, os trabalhos têm nomes de músicas relacionadas ao empoderamento feminino de acordo com o gosto musical da fotografada, assim como o ensaio em si carrega a personalidade de cada mulher.

Mais informações pelo telefone 96208775 ou nas redes sociais: Instagram e Facebook Fotogramar Project.

*Texto: Vanessa Irizaga.
*Fotos: NatáliaSilveira/Fotogramar.
Compartilhe no Google +

Sobre Vanessa Irizaga

O autor desta postagem é um dos escritores do site Mistura Alternativa. Gostou? Comente abaixo.