Séries

Post Page Advertisement [Top]

Fotos: Marvel/Disney.
No segundo episódio da série Cavaleiro da Lua, do Disney Plus, temos revelações bem importantes para a trama: a primeira delas é que a misteriosa Layla (May Calamawy) é a esposa do mercenário americano Marc Spector (Oscar Isaac). A moça, a princípio, não acredita no rapaz quando ele diz que é o britânico Steven Grant, funcionário de um museu de história. 


O atrapalhado protagonista é sequestrado por membros da seita de Arthur Harrow (Ethan Hawke), que deseja recuperar o escaravelho perdido para ressuscitar a deusa Ammit e, assim, julgar o destino de cada um dos humanos. Grant estava em conflito com Spector pois acaba descobrindo, por meio de seguidores de Harrow, sobre as ações nada dignas de Marc - até onde as informações são manipuladas pelo vilão não sabemos, mas a verdade é que o deus Konshu (F. Murray Abraham) utiliza o corpo e a personalidade do militar para realizar suas missões.
Tentando manipular Steven, Arthur revela que ele próprio já serviu à divindade, mas que acabou se voltando contra o Deus da Lua, que escolhe seus "avatares" levando em conta as dívidas morais e falhas/crimes que cada indivíduo praticou em sua vida. Layla acaba aparecendo para salvar a pele de Grant, que entra em contato com uma nova persona - o atrapalhado e engraçado Mr. Knight, quando enfrenta um chacal. Lembrei do Deadpool na hora, hehe.


O Cavaleiro da Lua aparece para dar fim ao monstro, mas perde o escaravelho, que é recuperado por Harrow. Steven e Marc têm uma discussão séria e vemos um pouco do descontrole do mercenário, que parece ter silenciado Grant, pelo menos temporariamente. Konshu relembra, então, o trato entre ele e Marc - e que, se o militar falhar, o deus escolherá a esposa de Spector como seu novo avatar. O capítulo dois acaba com o explorador no Egito, onde ocorrerá a nova missão.


Gostei do episódio, até mais do que o primeiro, na verdade; foi mais dinâmico e conseguimos entender melhor a dinâmica e as intenções dos personagens centrais. Isaac é um show à parte: o ator consegue demonstrar com maestria a personalidade de Grant e Spector em suas sutilezas; fiquei curiosa em saber mais de Layla e do passado dela com o marido. E, claro: o porquê da jovem ser a escolhida da divindade. E você, o que achou do segundo episódio? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Vinícius Irizaga