Arte

Emprego

Post Page Advertisement [Top]

Os animais de estimação fazem parte de muitas famílias brasileiras. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação, são aproximadamente 132,4 milhões de pets no país. Os benefícios que eles representam para a família são muitos. Alguns desses bichinhos, porém, estão assumindo um papel diferenciado quando o assunto é saúde: os animais estão cumprindo a função de terapeutas. É a chamada Pet Terapia.

A Terapia Assistida por Animais (TAA) vem acontecendo na Unisul desde 2017. Ela é uma prática com critérios específicos em que o animal é a parte principal do tratamento. Tem como objetivo promover a melhora social, emocional, física e cognitiva dos seres humanos. Hoje, o atendimento está voltado às crianças com diagnóstico do Transtorno do Espectro Autista.
 
“Atendemos nove crianças semanalmente. Com o cão terapeuta podemos melhorar a parte de comunicação e de socialização desse indivíduo. Temos relatos de crianças que antes não reagiam bem ao toque, e passaram a tocar os animais e abraçar as pessoas ao redor”, aponta a professora da Unisul, a médica veterinária Luisa Lemos Vieira.
Quais cães podem ser terapeutas?
Existem pré-requisitos para que o animal assuma a função de terapeuta. O principal é a socialização. O cão precisa não ser reativo ao toque e se comportar bem com pessoas desconhecidas e crianças. Para isso, são necessários treinamentos constantes. “Os cães terapeutas são previamente avaliados, treinados e conduzidos às interações somente quando já estão prontos para a terapia. São selecionados de acordo com o perfil avaliado de cada paciente, para então permanecer com o mesmo cão a cada seção de terapia”, explica Luisa.
Atendimento multidisciplinar
No início a atividade era realizada com os pacientes do projeto Amigos da Saúde Mental da Unisul. Hoje, após algumas reformulações, o atendimento foi expandido. A equipe de profissionais da Pet Terapia da Unisul conta com médico veterinário, biólogo, treinadores de cães, pedagogo, fisioterapeuta e estagiários dos cursos de Medicina Veterinária e Fisioterapia. Os atendimentos são realizados na Clínica Escola de Fisioterapia.
*Com informações de Patrícia Laureano/Imprensa Unisul. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Vinícius Irizaga