Full width home advertisement

Arte

Emprego

Post Page Advertisement [Top]

O Centro de Eventos Professora Iria Angeloni Carlessi, em Turvo, recebeu na terça-feira, 22, a peça de teatro “O Monstro da Cara Bonita”, realizada pela Trupe da Aurora, de Araranguá. Com apresentações na parte da manhã e da tarde, cerca de 800 crianças de seis aos 14 anos da rede estadual e municipal assistiram ao espetáculo. 

Essa foi uma ação em referência ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e organizada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Turvo, em parceria com o CRAS, Prefeitura de Turvo, Secretaria de Educação, Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo e Poder Judiciário. 

“Esse encontro teve o objetivo de conscientizar a respeito da exploração infanto-juvenil. É uma prevenção lúdica. Achamos que o teatro seria uma forma descontraída de falar sobre o tema, uma vez que muitos setores ainda têm medo de tratar sobre”, contou a psicóloga do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), Lorena Meister Ribeiro 

A peça abordou o abuso sexual infantil através da história da menina Tininha, que se refugia em seu quarto após passar por uma experiência traumática. Em um misto de sonho e realidade, o palhaço de pano Chimia ganha vida e tenta descobrir o porquê da menina estar triste e não querer brincar. Aos poucos, Chimia vai conseguindo convencer Tininha a contar tudo aos pais. 

“Nós conhecemos a peça com antecedência, vimos que era viável pelas questões de valores e pela abordagem do tema. Uma maneira simples e fácil de compreender esse assunto”, explicou a psicóloga. 

Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes 

Desde 2000, o dia 18 de maio é destinado ao combate do abuso e exploração sexual infanto-juvenil em todo Brasil. O objetivo da mobilização é convidar a sociedade a assumir a sua responsabilidade e acabar com esse ciclo de violência, visando proteger meninas e meninos. 

"Nós devemos parar e refletir sobre esse tema não apenas neste dia ou no decorrer do mês de maio. É preciso trabalhar com as crianças e adolescentes o ano inteiro”, concluiu Lorena.

*Com informações e foto da jornalista Cristina Possamai. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Vinícius Irizaga